"Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura." Charles Bukowski

quinta-feira, janeiro 05, 2012

Me protejo ou tenho medo?


Ana Jácomo





Às vezes, na estranha tentativa de nos defendermos da suposta visita da dor, soltamos os cães. Apagamos as luzes. Fechamos as cortinas. Trancamos as portas com chaves, cadeados e medos. Ficamos quietinhos, poucos movimentos, nesse lugar escuro e pouco arejado, pra vida não desconfiar que estamos em casa. A encrenca é que, ao nos protegermos tanto da possibilidade da dor, acabamos nos protegendo também da possibilidade de lindas alegrias. Impossível saber o que a vida pode nos trazer a qualquer instante, não há como adivinhar se fugirmos do contato com ela, se não abrirmos a porta. Não há como adivinhar e, se é isso que nos assusta tanto, é isso também que nos dá esperança.

7 comentários:

Cristiane disse...

Vim retribuir a visita e o carinho! Aqui tbm é tudo muito lindo e me deparar com Ana Jácomo logo no portão de entrada, não tem como não entrar! Bjs e sucesso! :)

Paolla Bensuaski disse...

aaah adorei o texto ;')


lindo post. sz

Ana e Dane disse...

lindo texto.
Flor, fiz uma pequena enquete no blog, e gostaria da sua participação,
dá uma passadinha por lá... beeijinhos ;*
http://adalguemquetefazsorrir.blogspot.com/

Daiana M.Fernandes disse...

Complico para me proteger, mas aí penso que complicar também me atrapalha... O melhor mesmo é viver!

Beijos

O Cercadinho disse...

Show o teu blog. Belo layout e post.
Ahh, e me visita lá no Cercadinho. Tua amiga May que te recomendou pra mim. Qualquer coisa briga com ela, viu? rsrsrs
www.o-cercadinho.blogspot.com
Botei um post novinho lá. Me dê tua opinião, é um assunto bem sério. Ok? rsrsrs
Beijos,
Wanderlei
www.o-cercadinho.blogspot.com

May Sampaio disse...

Rsrsrsrsr...
Mas é cara de pau mesmo viu?!
Post bem sério..rum, sei! Alene é muito boa em opnar sobre essas coisas, você vai ver. hahahaha
Mas tá recomendado mesmo amiga...vale a pena passar lá! Minha diversão essa tarde.
;D

Laiana Reis disse...

Nesse novo ano, vamos nos dar mais oportunidades de alegrias!
Não as alegrias que já estamos acostumadas, outras alegrias, novas alegrias!
Precisamos!

beijo irmãzinha!
Lindo texto!