"Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura." Charles Bukowski

quarta-feira, agosto 03, 2011

O amor é um clichê




O amor tem 564.657.983 definições.
Tem 786.253.905.210 teorias.
1.239.748.366.091 poesias.
Tem um milhão em livros e auto-ajuda. 
É discutido na filosofia, na religião, no futebol e na neurociência.
E eu ainda consigo sentir um amor que não se encaixa em nada disso.
Ou será isso pura mania de não querer enxergar o lugar comum?
A realidade de que vivo um clichê
que não merece mais atenção do que a novela das 8,
mas que pra mim, é sempre tão mais do que qualquer outro.
Tão mais do que um poema de Shakespeare.


Letras .... .... Tortas

5 comentários:

Alê disse...

Pode-se definí-lo, descrevê-lo, mas nunca será traduzido o que nos vai na alma, com a intensidade a qual, nos faz perder o chão, a fala, o ar


Bjkas

Camila Márcia disse...

O amor é aquilo que não tem explicação, mas que é capaz de resumir nossa existencia.

Bjs.

Luna Sanchez disse...

Não tem assunto mais batido, debatido, falado...e mesmo assim reeeeeeeeeeende e encanta. Sempre e pra sempre.

;)

Um beijo grande.

De repente quinze disse...

É verdade viu,acho que amor é algo que vai ser sempre falado e comentado e nunca vai ser definito do jeito que ele é,acho que isso é o melhor do amor,é a coisa mais linda que você sente e não consegue definir!

Alene Mattos disse...

ah esse amor... uma única palavra o define, meninas: mistério!