"Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura." Charles Bukowski

quinta-feira, dezembro 01, 2011

Despedida



Eu, que só te vi chorar uma única vez, quando ainda jovem não entendia as dores da vida, seguro agora minhas próprias lágrimas, relutante, não do amor que sinto, mas de aceitar, enfim, a partida.
Que esse pesar que embarga minha voz não te desencoraje.
Que o olhar triste que cruza o teu, por meio de lágrimas minhas e tuas, fique gravado, não para que se entristeça, mas para que se alegre ao lembrar do meu amor. E quando esse dia chegar, ao invés de chorar, sorrirás ao lembrar de mim.
Que as letras que lês, embora tortas, não sejam esquecidas.
Jamais.
Mesmo que sejam terminadas em Adeus.



Letras .... .... Tortas

2 comentários:

Rick" disse...

As despedidas são tristes... Eu sei. Deixei minha família chorando na porta, quando viajei...
Mas suas palavras são bonitas, muito bonitas, apesar de tristes.
Bjws"
Vem me fazer uma visita, quando tiver um tempo. Eu te espero!

Alene Mattos disse...

obrigada, Rick.
qiii bom q gostou!
visiita agendada, viu?! rs

bjo.