"Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura." Charles Bukowski

sábado, julho 07, 2012

Baby, desligue esse Jazz


 “Baby, pegue esses seus cigarros e esconda-os, e peça à Deus - que Deus? - para que quando acordares amanhã de manhã esqueça onde os guardou. Esconda também essas dúvidas que permeiam aí por dentro. Não as esqueça, apenas esconda-as, de alguma forma será bom achá-las de-vez-em-quando.



Trecho do Texto "Baby, desligue esse Jazz", de Felipe Paim.

4 comentários:

Filipe Paim disse...

Alene, muito obrigado por reservar um cantinho pra mim aqui no seu blog. Você não pode imaginar o bem que me fez. Vivo tempos de seca literária - e de desmotivação mesmo - e ver isso aqui me renovou o ânimo. Obrigado por me deixar falar pra você.
Seu blog continua lindo como sempre, e agora ainda mais ;D

Alene Mattos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alene Mattos disse...

eu que considero um prazer ler seus textos e o mínimo que eu posso fazer pela humanidade, é fazer com que mais pessoas possam ter acesso à eles!

e não me fale em seca literária! minha mente está praticamente um sertão! rsrsrsrs...

muito obrigada pela visita!
muito obrigada por curtir o meu espaço!

grande abraço!

Filipe Paim disse...

Então é um prazer mútuo. Me perco aqui em sensações e paixões emprestadas quando leio seus textos. Não vejo o menor indício de seca, seu blog não para!
Tem coisa nova lá: http://oanakronnos.blogspot.com.br/2013/01/beija-flor.html