"Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura." Charles Bukowski

quinta-feira, julho 07, 2011

Proposta - Ler, imprimir, assinar

 

 Proposta (Ler, imprimir, assinar)


 
Caro futuro amante/ amigo/ namorado desconhecido.


Vago pelo mundo em total dislexia.

Sem entender a metade das coisas, aborrecendo alguns e enfurecendo outros.

A verdade é que a maior parte do tempo escrevo, comento e resmungo sobre mim mesma ou sobre pessoas desconhecidas. Dificilmente tenho alguém próximo em mente. Não tenho mensagens ocultas e acusações. Não estou tentando atacar ninguém.

Sou infantilmente malcriada. Se me irritar ou aborrecer, provavelmente você receberá um e-mail ou telefonema desaforado. Não se preocupe, quando eu quiser brigar, acusar ou discutir. A coisa será clara. Quando não for mais te desculpar e aceitar, sumirei. Talvez um dia eu reapareça, talvez não.

Coisas, carências, necessidades que você tenha, seja claro(a). Vou atender se puder, só não espere que eu perceba e/ou interprete seus sinais e mensagens cifradas.

Não minta, não seja grosseiro, não reclame cobrando o que eu nem sabia que te faltava.

Estamos entendidos? Dá um abraço, comemorando as brigas que não teremos.

Prometo não implicar com os seus amigos, não te obrigar a me incluir em tudo que vocês combinam fazer, não policiar a bebida, a comida, ou quanto você gasta em carros, relógios, celulares, e todos estes brinquedos bobos, que eu não vejo graça.

Prometo manter a casa abastecida de gelo, whisky, cerveja e coca cola. E cozinhar. Não interromper o futebol, não implicar com o video game, não ficar pendurada no telefone com você quando você está no trabalho. Não ligar a menos que seja importante. Não abaixar nunca o volume do rádio, quando toca uma das suas músicas preferidas.

Ser fisicamente receptiva, mentalmente interessada e intelectualmente estimulante. Prometo zelar pelo tesão que sentimos no começo de tudo, como se fosse (e eu acho que é), a oitava e mais rara maravilha do mundo.

Prometo não gritar, não desconfiar, não concluir nada sobre você, sem antes falar com você. Prometo ouvir suas histórias até o final, mesmo quando repetidas.

Vou tentar ser clara e honesta, leal, te respeitar e cuidar de você da melhor maneira possível, incluindo aí a sua família e a família que vamos (talvez), construir.

Prometo respeitar a tua individualidade e não tentar transformar “eu e você” em “nós”.

Prometo ser atenta, gentil e amiga. A melhor amiga que uma amante pode ser.


Única condição: que a recíproca seja verdadeira.



9 comentários:

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Adorei!

Alene Mattos disse...

Obrigada, Luciana!

Eide Almeida disse...

Massa...

Aline disse...

Resta-nos torcer para dar certo. E que seja verdadeiro, sempre!

Paolla Bensuaski disse...

Oii ;') passando pra avisa que tem selinho pra voocê no meu blog..

entra lá.. http://incriveissonhos.blogspot.com/p/selinhos.html é o selinho numero 86.

beeijo <3

Paolla Bensuaski disse...

Oi, vim avisar que o próximo especial do meu blog está chegando.. esse mês quem vai fazer o especial são vocês (seguidores) de uma olhada no meu blog como funciona..
http://incriveissonhos.blogspot.com/2011/07/como-voces-devem-saber-o-proximo.html

espero você lá. ;')

Carolina disse...

Obrigada pela postagem!

Delano Alexandria disse...

Eu fazer uma copia aqui para levar para casa,para ler mais calma né, Sabe como é,temos que ter muito cuidado com esses contratos de letra muito miudinha, Isso é um perigo!

Carolina disse...

Obrigada por linkar!

Bjo!