"Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura." Charles Bukowski

quinta-feira, dezembro 27, 2012

Paciência

 
 
 
Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma, 
até quando o corpo pede um pouco mais de alma. 
A vida não para....
 
Enquanto o tempo acelera e pede pressa, 
eu me recuso faço hora, 
vou na valsa. 
A vida é tão rara...
 
Enquanto todo mundo espera a cura do mal 
e a loucura finge que isso tudo é normal. 
Eu finjo ter paciência…
 
O mundo vai girando cada vez mais veloz, 
a gente espera do mundo 
e o mundo espera de nós, 
um pouco mais de paciência.
 
Lenine

Um comentário:

A Procura da Luz que Pretendo Beber! disse...

"Eu tenho uma porção de coisas pra te dizer, dessas coisas assim que não se dizem costumeiramente, sabe, dessas coisas tão difíceis de serem ditas que geralmente ficam caladas, porque nunca se sabe nem como serão ditas nem como serão ouvidas..Rsrsrsr."

Boa noite!

Poeta Anônima